18 3609-2389     18 99713-2799     contato@assessoriapublica.com.br

Com a implementação da Lei 13.431/17 que trouxe novos contornos para a prática da escuta especializada de crianças e adolescentes no Brasil, foi necessário repensar as condutas profissionais de forma a assegurar um procedimento seguro e não revimitizador para as vítimas. Nesse sentido, e em resposta a demandas provenientes dos profissionais que atuam na rede SUAS e sistema de garantia de direitos esta capacitação visa esclarecer as atribuições e os mecanismos fundamentais para a organização da escuta na rede de proteção.

O treinamento proporcionará:
- Apresentação de maneira simples, clara e objetiva sobre os conceitos relacionados ao tema.
- Processo de concepção e implementação da Lei 13.431/17;
- Instrumentalização aos profissionais que atuam no Sistema de Garantia dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes;
- Subsídios técnicos teóricos e práticos para o atendimento qualificado às crianças e aos adolescentes vítimas ou testemunhas de violência, conforme prevê a Lei 13.431/2017 e o Decreto 9.603/2018;
- Orientação de profissional com experiência na área.
- Pós-Curso durante 12 meses, com uma equipe especializada e o consultor responsável pelo treinamento ministrado, solucionando dúvidas e discutindo questões que surgirem na prática e que estejam relacionadas aos temas abordados em sala de aula.

| Palestrante

Cíntia Bruno Ferreira Garcia

Especialista em Administração do Sistema Único de Assistência Social – SUAS. Atua desde 2003 na gestão de políticas sociais, vivenciou a rotina da gestão estadual da Política de Assistência Social, quando exerceu a atividade de assessoria técnica de programas sociais na Secretaria de Estado do Trabalho e Promoção Social-SETP do Paraná, tendo participado ativamente da construção da Política Nacional de Assistência Social, Norma Operacional Básica e do início do Sistema Único de Assistência Social. Na gestão municipal foi Diretora Técnica da Secretária Municipal de Assistência Social de Jacarezinho – PR, sendo responsável pela organização das equipes técnicas das Unidades de Assistência Social, organização dos programas e projetos, tendo coordenado a Vigilância Socioassistencial. Foi presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar, Vice-Presidente do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente e membro nos conselhos da Mulher, Idoso e Política Sobre Drogas. Foi presidente de comissão eleitoral do processo de escolha de conselheiros tutelares. Conduziu a implantação da Rede de Enfrentamento a Violência contra as mulheres. Paralelo a sua atuação nas instituições desde o ano de 2003 realiza palestras sobre políticas públicas, capacitações operacionais sobre a gestão de programas e benefícios e assessoramento na elaboração de planejamentos.

| Atestados

Nenhum atestado relacionado

Oferecemos

Política de Qualidade

Realizamos

Concursos públicos e Processos seletivos

ISO 9001

Empresa Certificada